• contato@apmicastroalves.com.br

Hospital Regional de Juazeiro e Associação de Amigos realizam palestra de conscientização sobre o lúpus

Para chamar a atenção sobre o lúpus, o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho – SESMT do Hospital Regional de Juazeiro em parceria com a Associação de Amigos e pessoas com lúpus realizou na sexta-feira, 14, no auditório da unidade um ciclo de palestras.

A atividade teve como objetivo conscientizar o público sobre os hábitos de vida, alimentação, de prevenção de doenças infecciosas que podem agravar o lúpus, além de criar e manter uma rede de apoio.

A palestrante Fabiana Bezerra, psicóloga, mestre em educação pela UNEB e presidente da associação de amigos e pessoas com Lúpus do Vale do São Francisco informou que o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), é uma doença que acomete milhares de brasileiros.

“A causa do lúpus não é conhecida, mas a literatura médica indica que fatores de origem genética e hormonal podem contribuir para o aparecimento da doença. Quando isso acontece, a pessoa sofre com alterações do sistema imunológico, como a produção de anticorpos, que sofre um desequilíbrio, podendo causar, como consequência, lesões na pele – que surgem em 80% dos casos, inflamação nas articulações, presente em mais de 90% dos pacientes, rins e outros órgãos”.

A alimentação saudável, explica a psicóloga, é fundamental para todos, sejam pessoas saudáveis ou portadoras de alguma doença. “Nas doenças crônicas isso passa a ser ainda mais importante, mas isso não é sinônimo de uma dieta específica ou restritiva”, pondera. O diagnóstico é feito com a avaliação clínica de um reumatologista, que pode solicitar exames complementares, como de sangue e urina, que auxiliam também na definição da fase da doença.

Brasil – O lúpus não possui um grupo de risco específico, porém é mais comum em mulheres, principalmente entre os 20 e 45 anos. Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a estimativa é que no Brasil existam cerca de 65 mil pessoas com a doença. Esse alto índice faz com que a doença não se configure como um caso raro, e a medicina investe constantemente em avanços que proporcionem qualidade de vida aos portadores de lúpus.

Share Button
Onde nos encontrar?

Av. Rafael Jambeiro, 225, Térreo, Castro Alves-Bahia - CEP: 44500-000

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta: 07h às 17h

Siga-nos

© 2020 - APMI+ Associação de Proteção à Maternidade e à Infância.